Cicatriz

Cicatriz

Meu depoimento, 2018

Fui mordido durante uma aula.

Uma aluna levantou-se, atravessou a sala entre as pranchetas, eu de costas na lousa, segurou-me  pela cintura e mordeu-me por trás,  perto do ombro. Saiu correndo em seguida.

Em casa minha mulher perguntou que marca era aquela nas minhas costas. Olhei no espelho e estava lá a marca da mordida.

Cheguei aesboçar um gesto de quem ia responder, mas logo desisti. Não adiantaria.

Fui para o ateliê e comecei a série Cicatriz recortando quadrados em folhas previamente pintadas a guache. Folhas que usei para muitas outras coisas.

Gabriel Borba

Conjunto da Obra

Cicatriz